domingo, 8 de maio de 2011

Massa de Pizza do Jamie Oliver


O Jamie Oliver tem sido mesmo um bom amigo!
É com ele que acabo sempre por encontrar a solução para os meus dilemas culinários.
As suas receitas contem sempre as dicas mais acertadas para obter bons resultados.
Isto sem falar na segurança e motivação que ele me proporciona através daquele seu jeitão simpático e cheio de energia.
O achado da vez é esta massa de pizza crocante e saborosa que leva semola misturada a farinha.


Aqui em Portugal eu só encontro esta semolina ou sêmola (meio grossa para o meu gosto) e tb não sei que tipo de farinha é a "Farinha 00" que ele comenta na receita original (ver aqui a receita no site do Jamie)

Entretanto, respirei fundo, arrisquei com os ingredientes que tinha e gostei bastante do resultado... tanto gostei que esta massa é convidada frequente nos finais de semana aqui em casa.

Primeiro preparo o fermento com 300ml de água tépida (bem morninha) onde acrescento 1 colher de sopa rasa de açúcar mascavado (açúcar mascavo) e mais ou menos 6g de fermento para pão.
Deixo descansar por uns 15 minutos


Numa taça, para evitar acidentes, pois eu sou super atrapalhada e sempre que fiz o tal procedimento diretamente sobre a mesa metade da massa acabou espalhada pelo chão... blergh!!!
Bom, voltando...

Numa taça, junto 400g de farinha de trigo, 100g de semolina/sêmola e 1 colher de sopa rasa de sal
Misturo tudo, faço um furo no meio e acrescento
2 colheres de sopa de azeite e o fermento
Misturo com uma colher até incorporar os ingredientes


Finalizo amassando com as mãos até formar uma bola homogênea que lubrifico com umas gotas de azeite, corto em cruz a parte superior e deixo descansar abafada com um pano até dobrar de volume.


Numa base polvilhada com farinha, volto a trabalhar a massa retirando todo o ar e abrindo com o rolo no formato desejado.
Esta massa pode ser pré-assada ou ir direto ao forno.
Aqui em casa, como o forno é manhoso e não aquece acima dos 250ºC e nós gostamos de massa crocante, eu prefiro pré assar a menina, na parte inferior do forno, por 10 minutos.

Só então ponho a cobertura ao gosto do freguês e volta ao forno por mais 15 minutos.

Hoje a cobertura foi:
Cebolas cortadas em meias luas muuuuuito fininhas
Tomates cortados em rodelas mais fininhas que as cebola
Algumas rodelas de salsichão
Queijo de cabra ralado grosso
Aspargos em conserva
Azeitonas, orégãos (oréganos) e um fio de azeite


Para a pizza acima utilizei somente 1/4 da massa preparada que, por sua vez, já era metade da receita do Jamie.
Com o restante da massa, pré assei na própria assadeira grande do forno, uma base quadrada que depois cortei em 4 pedaços menores para congelar e ainda, rendeu mais 2 calzones médios de atum recheados com cebola, tomates, atum e azeitonas sem caroço.


(todas as imagens ampliam quando clicadas)

5 comentários:

  1. Cade a foto da familia degustando????? Faltou amiga....

    ResponderEliminar
  2. Concordo sobre as fotos, põe umas pessoinhas aí... Bjkass

    ResponderEliminar
  3. hummmmmmmmmm adoro pizza!! vou experimentar...os bacalhaus fizeram um super sucesso... nunca havia pensado em fazer pratos com tão pouco quantidade de bacalhau...rs...pois aqui é comida de datas especiais e sempre tem muita gente, então precisamos de kilos de bacalhau...rs...bjs amiga!

    ResponderEliminar
  4. Tânia, há inúmeras receitas de bacalhau que utilizam menos de 100g de bacalhau por pessoa... o hábito de comer aquelas postas imensas e encorpadas tb não é "tããããõ" comum por aqui, pois o bacalhau varia de preço conforme o tamanho e, no dia-a-dia, a gente opta pelas peças menores... afinal o bicho não é tão barato como se imagina, é bem + mais caro do que a carne de porco ou de frango (base da alimentação em geral) e equipara-se em preço à carne de vaca de qualidade comum.

    ResponderEliminar
  5. Fotos da família degustando?
    Hummmm... ficaria muito informal para um espaço tão público, não acham?

    ResponderEliminar